Ideia Glass
Categoria 1

Pequenas Empresas destaca exportação da Ideia Glass

  • por Ideia Glass
  • 15 de Abril, 2016

Revista abordou participação da empresa no exterior


A Ideia Glass e seu fundador e presidente, José Joaquim Miguel, foram tema da seção “Grandes Ideias Pelo Mundo” da edição de agosto da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. O tema central da matéria é exportação.


O texto cita como a Ideia empregou seu pioneirismo no setor de produtos para vidro para expandir suas fronteiras. Atualmente, a venda de produtos para fora do país é responsável por cerca de 20% da receita da empresa, faz com que o mercado da Ideia Glass alcance Argentina, Bolívia, Equador e Uruguai, além de todo o Brasil.


Para conferir o conteúdo na íntegra, basta clicar na imagem ao fim do texto – ou garantir a edição de agosto da publicação na banca mais próxima. O texto completo você confere a seguir.


"Pequenas Empresas & Grandes Negócios - Agosto/2013 - Grandes Ideias Pelo Mundo

Vidros sem fronteiras
Os boxes e portas da Ideia Glass conquistaram o mercado sul-americano, responsável por 20% do faturamento da empresa.


A diferença de qualidade entre os boxes nacionais e os importantes sempre intrigou José Joaquim Miguel, 58 anos. Durante três décadas, ele trabalhou como lojista no setor de vidros. “Frequentava as feiras internacionais e ficava abismado com a superioridade dos materiais e do desenho”, diz.


Miguel começou então a dar seus primeiros passos como designer, criando modelos mais arrojados, inspirados nos catálogos que trazia de fora. “Passei a vender os novos produtos por encomenda. Havia uma grande demanda dos arquitetos, mas eu não conseguia entregar mais do que três unidades por mês, pois eram feitos um a um”, afirma. Em 2007, o empreendedor ergueu um galpão no bairro da Bela Vista, em São Paulo, e fundou a Ideia Glass. “Investi cerca de R$ 150 mil para construir uma fábrica que funcionasse como as montadoras de automóveis.” Todos os componentes são produzidos por terceiros – Miguel se encarrega da montagem, do controle de qualidade e da distribuição.


Confiante com os resultados obtidos no Brasil, ele começou a mirar o comércio exterior em 2009. O primeiro contrato de exportação foi assinado com um distribuidor do Uruguai, que encomendou 80 boxes como teste. “Em pouco tempo, ele solicitou um segundo lote, com o dobro de peças. Hoje adquire cerca de 250 boxes a cada 60 dias.” Na sequência, a Ideia Glass passou a vender para a Argentina, a Bolívia e o Equador. Hoje, a empresa fatura R$  4 milhões ao ano – as exportações são responsáveis por 20% dessa receita.


Ideia Glass
Onde está:
com 40 funcionários, ocupa um galpão de escritórios no bairro da Bela Vista, região central de São Paulo.
Para onde vai:
os kits de boxes, guarda-corpos e portas de vidro são vendidos para Uruguai, Argentina, Bolívia e Equador."


Tags:


de de

Deixe um comentário